Arte & Cultura

  • Rock in Rio adia edições do Brasil e de Lisboa para 2022

    No Brasil, evento acontecerá a partir de 2 de setembro de 2022. Para os fãs mais ansiosos, organização tranquiliza e diz que este ano terá venda de Rock in Rio Card para o público e que atrações estão com negociações avançadas. Há previsão de anúncios ainda para este primeiro semestre.

     

     

     

    Rio de Janeiro, 04 de março de 2021 – A Primavera de 2021 certamente será bem diferente, aqui no Brasil, do que o público está acostumado, pelo menos para os amantes do Rock in Rio. É que a organização do maior evento de música e entretenimento do mundo, que desde outubro do ano passado não baixou a guarda nem um minuto e manteve a esperança ativa para a realização do festival, acaba de decidir que o Rock in Rio Brasil será adiado para setembro de 2022, um ano após a data prevista. E, em Lisboa o verão não será o mesmo. A edição de Portugal, prevista para junho deste ano passa para o mesmo mês, sendo que do ano que vem. As mudanças foram baseadas nas indefinições do cenário mundial da pandemia de Covid-19 e no fato de que a esta altura do ano, a organização do evento já estaria entrando tanto no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, quanto no Parque Bela Vista, em Lisboa, para dar início às montagens do evento. Toda esta mudança tem como único objetivo preservar a saúde dos milhares de visitantes que habitam as Cidades do Rock durante os dias de festival. Para o Rock in Rio, sua divulgação é um momento de alegria e festa e, para que siga desta forma, novas datas já foram definidas para os dois países. No Brasil, o evento ocorre nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022. E em Portugal, será realizado em 18, 19, 25 e 26 de junho do próximo ano.

    "O Rock in Rio mobiliza pessoas dentro e fora da Cidade do Rock. Aqui no Brasil recebemos turistas de absolutamente todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal, e também de mais de 70 países. São 28 mil pessoas trabalhando para levar festa e alegria para as 700 mil pessoas que nos visitam. E, em Lisboa não é diferente. O verão europeu faz com que a cidade se transforme num polo efervescente do turismo e o festival recebe mais de 20 mil fãs por dia de inúmeros países. Aqui, em setembro de 2022 estaremos juntos de novo e prontos para o melhor Rock in Rio de todos os tempos, quando vamos celebrar a paz e o mundo, que será nosso outra vez", garante Roberto Medina, presidente e idealizador do Rock in Rio, sinalizando que negociações com atrações já estão em andamento e há previsão de anúncios ainda para este primeiro semestre de 2021.

    Para os fãs: no Brasil, venda de Rock in Rio Card e anúncio de atrações acontecem ainda em 2021

    Os fãs podem ficar tranquilos quanto ao início da venda de ingressos, pois o tradicional Rock in Rio Card (ingresso que dá direito a estar no Rock in Rio antes mesmo de todo o conteúdo anunciado) tem venda confirmada para 2021, com data a ser anunciada, assim como as divulgações das atrações que também terão início este ano. De acordo com Medina, os anúncios serão antecipados e todos poderão saber e o que acontecerá em cada espaço dos mais de 385 mil m2 de área. O ano de 2022 sem dúvida será especial, com a volta de grandes ativos do Rio de Janeiro, como o Réveillon, o Carnaval e, claro, o Rock in Rio, que juntos representam um impacto econômico de mais de R$5 bilhões e empregam 48 mil pessoas. "A grande riqueza do Estado do Rio não está só no fundo do mar, está também na beira da praia. Acredito que investindo na proteção de nossas belezas naturais e na retomada do setor cultural e de entretenimento, teríamos um Estado com mais justiça social", reforça Medina.

    Em Lisboa, atrações também já estão em conversas avançadas. Medina lembra que não foi uma decisão fácil, já que o evento havia sido adiado do ano passado para este, mas explica que vários cenários foram avaliados e discutidos em grupos de trabalho. "Quando voltarmos a abrir as portas da Cidade do Rock, quatro anos terão passado desde a última edição de Lisboa. Mas, se há uma coisa que podemos garantir neste clima de incerteza, é que a espera vai valer a pena. Voltaremos prontos para cantar a inda mais alto, para levantar ainda mais poeira, para dançar ainda com mais energia e para viver o melhor Rock in Rio", finaliza Roberto.

    Sobre o Rock in Rio

    O Rock in Rio foi criado para dar voz a uma geração e promover experiências únicas e inovadoras. Em 1985, o evento foi responsável por colocar o Brasil na rota de shows internacionais. Batendo recordes de público a cada edição e gerando impactos positivos nos países onde é realizado, se consagrou como o maior festival de música e entretenimento do mundo. Consciente do poder disseminador da marca, hoje o Rock in Rio pauta-se por ser um evento com o propósito de construir um mundo melhor para pessoas mais felizes, confiantes e empáticas num planeta mais saudável.

    A internacionalização da marca começou por Portugal, Lisboa, em 2004, onde o evento acontece até hoje, seguido por Espanha (Madri) e pelos Estados Unidos (Las Vegas). No Rock in Rio, os números não param de crescer. Pelas Cidades do Rock já passaram mais de 10 milhões de visitantes nestas 20 edições. Em 35 anos, o festival ganhou o mundo e tornou-se um verdadeiro parque de experiências, mas muito além disso, cresceu e ampliou a sua atuação, sempre com o olhar no futuro.

    Adotando e incentivando práticas que apoiam o coletivo, o Rock in Rio preza pela construção de um mundo melhor e se une a empresas que possuem este mesmo olhar e diretriz. Em 2013, foi reconhecido por seu poder realizador ao receber a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis. Desde a primeira edição, já gerou 237 mil empregos diretos e indiretos e investiu, junto com seus parceiros, mais de R$ 110 milhões em diferentes projetos, passando por temas como sustentabilidade, educação, música, florestas, entre outros.

     

     

    Leia mais
  • Castelo Pula Pula Gigante | BarraShopping

    Está sendo montado no estacionamento do BarraShopping o Jump Around, um parque inflável gigante. Dois mil e quinhentos metros quadrados de pura diversão para as crianças e adultos pularem e se divertirem. Por R$40, comprando na internet ou R$45 no local, as sessões duram 30 minutos, com brincadeiras guiada por monitores e embaladas por muita música. O brinquedo possui escorregadores, escaladas, pistas de obstáculos e quadras de basquete. Em função da pandemia, brinquedo terá sua capacidade reduzida para 30%, e segue os protocolos do Covid19. Funcionará no estacionamento do nível Lagoa até o final de Março, de Segunda à Sábados,  de 16h as 21h30. Domingos e Feriados das 14h as 19h30.  

    Leia mais
  • Você é bom de vídeo game? Defenda seu time | GAMES

    Já pensou, defender seu time de coração e ainda levar essa grana? Vai rolar a bola nas telas do país inteiro! E os jogadores e jogadoras ganharam mais um prazo para garantirem sua vaga na 4ª edição do e-Brasileirão, Campeonato Brasileiro Oficial de Game de Futebol e maior competição online do mundo. As inscrições foram prorrogadas até dia 17, no site oficial: www.cbf.com.br/ebrasileirao. O campeão levará R$ 20 mil e o troféu mais desejado pelos players.

    A competição rola no PES 2020, na plataforma Playstation 4, e já tem data marcada para começar.  Mais uma vez, o e-Brasileirão promete agitar os gamers de todo o país. No hotsite (clique aqui), os jogadores fazem a inscrição escolhendo por clube. Serão 3.072 atletas por time, mais 1.024 oportunidades para sócios-torcedores. Considerando as 20 camisas, o total chega a 81.920 vagas. A CBF tem sua sede na Av. Luis Carlos Prestes, 130 - Barra da Tijuca - em frente ao hospital Lourenço Jorge.

     

    Leia mais
  • "Nave - Nosso Futuro é Agora", atração em parceria com a Natura, promove sessão especial



    Leia mais
  • Rock in Rio terá poster assinado por Rafo Castro

     

    O maior evento de música e entretenimento do mundo terá nessa edição um poster assinado por um artista visual. Rafo Castro é o responsável pela identidade do cartaz, que trará todas as características de seus traços, sem perder o lado divertido. Se aproximando ainda mais da arte urbana, o Rock in Rio terá ainda o projeto “Se Você Achou”, que leva artes exclusivas para os visitantes do festival.

    “Fazer parte do Rock in Rio com a minha arte será uma grande oportunidade, com certeza. Além disso, levar o meu projeto Se Você Achou para a Cidade do Rock será uma experiência única”, afirma Rafo Castro.

    Em janeiro de 2019, Rafo iniciou o projeto #sevoceachou, que deixa uma arte de presente pelas ruas do Rio de Janeiro para quem encontrar. A ação consiste em deixar uma arte por semana em locais públicos como praças, metrô, ônibus, entre outros. Quem encontra, pode levar a arte para casa. A gravura única, feita em papel algodão, aquarela e nanquim, vem com um recadinho “Se Você Achou, esse é um presente para você”. O projeto chega na Cidade do Rock, onde o visitante, por meio do aplicativo do evento, terá dicas de onde encontrar a peça original. Será uma obra por dia escondida em algum ponto do Parque Olímpico. 

    “Para o Rock in Rio, a ação é uma forma bem divertida de reunir a arte urbana com o festival, além de aguçar a curiosidade do público em busca de uma arte exclusiva pela Cidade do Rock”, conta Luis Justo, CEO do Rock in Rio.

    Além do poster na loja oficial, a coleção do Rafo terá boné, camisa, pop socket, lanyard, pin, adesivo, entre outros. 

    Mais sobre Rafo:

    Rafo é um artista múltiplo, que transita pelo streetart com mais de 30 exposições entre individuais e coletivas, mantendo a originalidade. É um dos idealizadores do projeto StreetArtRio, que mapeia a arte de rua no Rio de Janeiro, dentre outros projetos como o #sevoceachou. Mais informações @rafocastro 

    Sobre o Rock in Rio  

    Consciente do poder disseminador da marca, o Rock in Rio pauta-se por ser um evento com o propósito de construir um mundo melhor para pessoas mais felizes, confiantes e empáticas num planeta mais saudável. Em 2001, reafirmou seu compromisso de mostrar às pessoas que pequenas atitudes do dia a dia são o caminho para fazer do mundo um lugar melhor para todos. Em 2013, foi reconhecido por seu poder realizador ao receber a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis. Gerou 212,5 mil empregos diretos e indiretos em todas edições, mais de R$ 97 milhões investidos em diferentes projetos passando por temas como a sustentabilidade, educação, música, florestas, etc. Os investimentos são provenientes da organização do evento e de parceiros.

    Em 2016, foi a vez de anunciar o Amazonia Live, projeto do Rock in Rio que já garantiu mais de 73 milhões de árvores para a Amazônia por meio de doações individuais e de parcerias, através de projetos de restauração e plantação, como o Paisagens Sustentáveis da Amazônia. O projeto traz a importância das florestas para o equilíbrio climático mundial como tema para todas as edições do evento pelo menos até 2019. Além disso, o Rock in Rio desenvolve um plano de sustentabilidade onde define medidas para a redução de emissões, onde se inclui uma correta gestão de resíduos, eficiência energética, compensação de emissões, correto consumo de recursos, entre outros, este plano é desenhado para a organização,  patrocinadores e fornecedores, o qual vem sendo aperfeiçoado a cada edição e é utilizado até hoje em todos os países onde é realizado.

    O Rock in Rio preza por atitudes positivas a qualquer hora e em todos os lugares. Para endossar esse posicionamento da marca “Tod+s Por Um Mundo Melhor” o festival se une a empresas que possuem este mesmo olhar e diretriz. A partir destas parcerias, uma série de ações se desenvolvem sempre pautadas pelo objetivo de adoção de práticas que pensem no coletivo. É assim que a gente faz um mundo melhor acontecer: TOD+S POR UM MUNDO MELHOR.

    Leia mais

Artigos Recentes

Mais Populares